"Penélope Guerreiro"

S.R.D. Felino

Pra minha FILHA PENÉLOPE:

Hj minha parte mais bonita morreu. Mas não há um pedaço só inteiro. Estou estraçalhado.
Minha filhinha linda, minha companheirinha de dias e noites inteiras, passadas estudando, trabalhando, maratonando séries, sonhando ou sofrendo, não está mais aqui. Aqui ao meu lado. Meu tempo era mais sagrado com ela. Meus segredos eram compartilhados pelo seu silêncio atento. Eu tinha uma sombra. Uma companhia de Amor pra onde eu fosse. Que me cobrava a ausência, sem ciúmes, apenas com a saudade de quem se sente bem contigo.
Foram 6 anos de muito carinho, amizade, respeito, travessuras e alegrias. Ser feliz com ela era passatempo. Como não amar "os olhinhos azuis mais lindos do papai”? Como ainda viver sem sua doce presença? Como existir sem ser teu papai? Como não ser o papai da Pepê?
Eu queria tanto não viver novamente esta dor. Odeio a morte. Odeio o que ela me rouba. Já nasci pela metade, sem pai, sem saber o que faz os humanos gostarem tanto da família. Há mais de 30 anos não sei o que é ser filho. Ao contrário, ao lado dela aprendi a ser pai. Preocupações, alegrias, ensinamentos, aprendizados. Aquele olhar besta e todo orgulhoso quando ela fazia suas traquinagens. Aquele beijo antes de sair de casa e aquele olhar meio afetuoso e meio exigente na volta. Meu quarto era nosso castelo. Minha princesinha reinava soberana, eu meio servo, meio bobo da corte, adorava seguir as ordens delas. Está tudo tão vazio agora!
Dói tanto escrever no pretérito. Porque parece que o passado é feito pra passar. E a gente não quer que vá embora. Eu queria ir junto. Sempre disse que queria ir junto. Mas não deu. Queria mais um dia, mais uma noite pra disputar a melhor fatia da cama e ceder sempre pra ela. Queria mais tempo. Todo o tempo, até vencer a morte. Até vencer o fim. Porém, não tenho nenhuma força. E eu não gosto de ser fraco. Gostava de ser pai. Pai da minha filhotinha. E não me venham dizer quem é pai. Não fui pai de coração. Não fui pai de alma. Fui pai por inteiro da MINHA FILHA. Ninguém tem o direito de dizer quem eu devo amar. E se é doentio amar outro ser vivo não humano, sou doente de amor. Mas não quero cura. Me deixem!
A Pepê era a minha única família. Foram dias e dias que apenas desejei a sua companhia. Ela me bastava. Porque eu bastava pra ela. Erámos essenciais, únicos para nós. Nossa história foi intensa e guerreira como dois taurinos que éramos. Ela era meu último laço com meu ex casamento. A melhor companheira que tive, a que mais me orgulhei, a que mais sinto saudades, era a mãe da Pepê. Há seis anos ela me trouxe aquela gatinha pequena, branquinha, que já nasceu guerreira como o pai. Foi melhor presente! Pepêzinha veio doentinha, mas aceitou o desafio de lutar para sermos uma dupla dinâmica. Vencemos e estivemos juntos este tempo. Foi amor à primeira vista. Eu dizia que queria uma bebezinha para sempre, ela pra me fazer feliz, ficou miudinha. Uma belezinha de filhota. A filhinha mais amada do mundo.
Agora que tenho um mundo aos pedaços, que os olhos estão vermelhos e que o sono vai me abandonar por um tempo, queria apenas homenageá-la. E não sei como. Não sei como agradecer por tantos momentos completos, tanta felicidade em uma presença tão pequenina. Na despedida só sobraram os agradecimentos. Mas não há palavras pra preencher a gratidão de se sentir feliz e completo. Não há palavras pra descrever o quanto sinto e sentirei sua falta. Quis saber os porquês. Por que a injustiça de um pai perder sua filha? Sempre quis ir antes dela. Agora eu sei que era egoísmo meu. Então minha homenagem a vc, minha eterna filhinha companheira, é sofrer tua falta pra vc não ter que sofrer a minha. Mais uma vez serei um guerreiro para vc. Vc merece meu amor e minha força. Existirei para honrar o tempo que vc me presenteou.
Pepê, minha filha, onde vc estiver, saiba que o papai te ama pra sempre. Vc não está mais ao meu lado, vc está em mim, em cada pedaço que vive pq minha história só vale a pena ser contada se tiver o capítulo mais belo, mais alegre, mais profundo e mais perfeito chamado Penélope Guerreiro.
Te amo pra sempre filha.

Para mais informações sobre nosso plano de pagamento antecipado